quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Palavra do fundador: A restauração dos relacionamentos

Em 2005, por ocasião do aniversário de 10 anos da Comunidade Bethânia, programa especial gravado em São João Batista- SC, na casa mãe, padre Léo reafirmou que Bethânia vive o que Deus sonhou, desde sempre. A restauração do coração é baseada na vivência do Evangelho de Jesus, na vida comunitária que se assemelha a uma família. É o amor de Deus presente que cura, que liberta e restaura corações.

"Vivemos aqui homens, mulheres, crianças, idosos... A inspiração que Deus nos deu foi que Bethânia jamais fosse um Centro Terapêutico. Não seguimos nem o conteúdo, nem a metodologia de uma unidade terapêutica". 
Mais tarde, padre Léo em seu livro: Viver Bethânia, que é regra para a comunidade, nos diz: "Bethânia não é um centro de recuperação de drogados, e nem uma clínica onde se internam pessoas para tratamento. Bethânia é uma comunidade de acolhimento".

Apoio à família, a dependência química e suas consequências:
"Às vezes o pai é dependente, mas a mãe é co-dependente. Os filhos são frutos dessa dependência". O co-dependente deixa de viver a sua própria vida e passa a viver em função de tudo o que acontece com o dependente.

A família afetada pela drogadição de um dos seus membros, precisa ser restaurada por completo, sobretudo nos seus relacionamentos.
"Muitos gostariam de ser restaurados, mas não podem. Com quem e como vai deixar seus filhos?"

O exemplo de mulheres que não aguentavam a saudade dos filhos e desistiam antes mesmo de começar. A única solução: trazê-los para perto.
"Nós temos aqui uma postulante que tem quatro filhas. Não tinha com quem deixá-las". Agora juntos, fazem parte de uma grande família.
"Assim descobrimos que também há o lado espiritual, que é a restauração dos relacionamentos". 

Na caminhada dos vinte anos da Comunidade Bethânia, a família exerce um papel importante no processo de restauração, buscando a presença de Jesus, vivendo o amor que impulsiona as relações.
"A restauração da família é uma obra contínua e constante. Cada dia damos um passo. Não é algo mágico. É uma longa caminhada. Que o coração de Jesus, expressão máxima do amor de Deus, nos ajude neste lindo desafio de construir famílias restauradas" (do livro: Famílias Restauradas).  

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!