domingo, 31 de janeiro de 2016

Padre Léo e o léo

É certo que o cão, o melhor amigo do homem, responde aos comandos de seu dono, mas fica a dúvida se ele entende mesmo o que lhe é dito ou faz tudo automático. Uma pesquisa diz que o cão é capaz de prestar atenção e processar tudo em seu cérebro, de uma maneira extraordinária.
Segundo os pesquisadores, o seu cérebro responde como o dos humanos. Isso lhe permite captar todas as emoções, demonstrando o que sente, perceber se o seu dono está feliz ou triste, perceber a presença dele a muitos metros de distância. E fazer coisas inacreditáveis.
Cães das mais variadas raças, fazem parte da história da comunidade Bethânia. Padre Léo sabia dos benefícios, que é conviver com esses bichinhos, principalmente, para aqueles em recuperação da dependência química.


Eles podem nos surpreender. Vejam o que Vanderléia, chamada carinhosamente pelo padre Léo de Léia, nos relata um dos muitos casos curiosos ocorrido em Bethânia. Ela duvidou, mas concluiu esta verdade: “Comprovei que o cachorro é o melhor amigo do homem”. 

"Assistindo a uma reportagem sobre cachorros, dizia que eles sabem a hora exata em que seu dono vai voltar pra casa. Foi quando eu morava em Bethânia, recanto de São João Batista/SC, eu cuidava da casa do Pe. Léo, como sempre ele viajava toda semana e antes de sair ele se despedia de seus cachorros, em especial o chuvisco,o léo e o quinzinho, que estão no céu. 

O léo [cachorro] era quem tomava conta da casa, afirmava Pe. Léo. Um certo dia ele chamou o léo e disse: ‘Estou indo viajar e só volto na quarta-feira da semana que vem’. 
Eu fiquei ouvindo aquilo e pensava comigo mesma: ‘Esse padre só pode estar doido, até parece que o léo vai saber o dia da semana em que ele vai voltar’. 
Cheia de curiosidade perguntei: ‘Como é possível o léo saber quando era quarta-feira?’ E ele apenas me disse: ‘ Você vai ver Léia’. Mesmo assim eu duvidei. 

E logo depois que o Pe. Léo viajou, o léo [cachorro] saiu da casa e foi com os outros cachorros. Durante a semana inteira o cãozinho não voltou na casa pois ele sabia que o Pe. Léo não estava lá. E quando chegou a tal quarta-feira, eu não acreditei... lá estava ele, firme, forte e fiel, na porta da casa esperando o Pe. Léo chegar. 
E quando ele chegou eu lhe contei o que tinha acontecido, e o Pe. Léo me respondeu sorrindo: 'Viu Léia, não te falei que o léo estaria me esperando?’ 
Os verdadeiros amigos sempre estarão nos esperando. OBRIGADA PE. LÉO!!!" 

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!