domingo, 7 de fevereiro de 2016

Aprendendo o segredo: Jesus

Lembra-se do Pequeno Príncipe? Ele tinha uma rosa que era única para ele. E ele cuidava muito dela, colocava uma redoma de vidro em cima, colocava água.

Quando o Pequeno Príncipe sai pelo mundo, chega a um jardim que tinha cinco mil rosas, e fica decepcionado:




"Se minha rosa descobre isso... ela pensa que é única!"

Ele anda mais um pouco, encontra uma raposa e diz:

- Brinca comigo?

- Não posso.

- Por que não pode?

- Porque você não passa de um menino para mim. E eu não sou para você mais do que uma raposa.

- Então o que faço para você brincar comigo?

- Cative-me!

- E o que é cativar?

- Guarde-me em seu coração. Cativar é criar laços. Se você me cativa, minha vida será como que ensolarada, eu serei para você única no mundo. Você será para mim único no mundo. E é bom que você venha sempre na mesma hora. Pois se vier às quatro horas, desde às três eu começo a ser feliz. Mas a gente sempre corre o risco de chorar quando deixa cativar.

- Eu acho que sei o que é cativar. Eu tenho uma rosa e ela é única no mundo.


Sabe o que significa compreender e guardar o bem? Guardar esse amor infinito de Deus, que é exagerado, silencioso, de graça? É descobrir que esse universo inteiro foi feito para você. 

Se você fosse a única pessoa no mundo, Deus não amaria mais você do que ele já ama. Porque você para Deus é único no mundo. O dia em que Jesus for para você único no mundo, você já aprendeu esse segredo.

Padre Léo 

Trecho do livro Buscai as Coisas do Alto onde padre Léo cita trecho do livro O Pequeno Príncipe, de Antoine Exupery, livro pelo qual ele nutria grande admiração. 

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!