domingo, 28 de fevereiro de 2016

Dez frases de Padre Léo sobre o amor de Deus por nós


Padre Léo teve sempre como meta nos levar a um encontro pessoal com Cristo. O amor de Deus por nós foi o cerne de todas as suas pregações. Separamos algumas frases ditas por ele para refletirmos sobre o Amor Maior, o de Deus por cada um de seus filhos. 




Padre Léo nos afirma que Deus não nos abandona NUNCA:

“Quanto mais difícil a situação, maior será a certeza do amor de Deus."

Padre Léo nos diz que Deus caminha conosco e nos fortalece nas tribulações: 

"Deus sempre nos toma nos braços quando nos falta o chão." 

Padre Léo nos ensina que o amor de Deus por nós é incondicional: 

"Como sou amado por Deus! Ele me ama com amor eterno, incondicional, pleno. Seu amor nem depende de minha oração. Ele me ama de modo único."

Somos obra de Deus:

"Se você olhar para o ser humano, dá de fazer um DNA em cada coisa, desde a unha do pé até o fio de cabelo. DNA = Deus nosso autor." 

Deus é um PAI amoroso:

Deus é meu pai que me ama. É um pai que me ama com amor infinito. É um pai que me ama e criou o universo inteiro para me revelar SEU AMOR." 

Deus nos ama infinitamente, apesar de nossos pecados:

"Com os olhos de Deus conseguimos perceber que nossas misérias são infinitamente menores do que seu amor misericordioso."

 Deus é a força que nos impulsiona nos momentos difíceis:

"Na brisa suave do carinho de Deus reencontramos forças para caminhar e vencer os desafios e problemas." 

O amor de Deus é exagerado:

"Deus derrama milagres o dia todo para TODOS." 

O amor de Deus se revela em cada segundo de nossa vida:



"Cada vez que seu coração bate, e ele faz isso 108.000 vezes por dia, é Deus dizendo: Eu te amo! Eu te amo! Eu te amo!" 

 Estamos tatuados no coração de Deus:

"Porque me ama, Deus me tem gravado em seu coração. Tenho um Deus que grita e dança de alegria por mim!"

E não poderíamos deixar de fora esse trecho do livro Experenciar Milagres, onde Padre Léo nos conta a história de uma mãe por seu filho condenado e compara o amor dela por seu "menino" ao amor de Deus, que nos ama apesar de nossos pecados e cuida de nós com um amor incondicional de mãe:

"Quando eu era fráter em Taubaté, numa segunda-feira, no final do ano, portanto, de muito sol e calor, ao voltar ao Conventinho vi uma senhora idosa pedindo carona. Parei o fusca vermelho e dei carona para a senhora. A senhora (não me lembro mais seu nome) tinha uma marmita na mão. Só para puxar conversa perguntei sobre a marmita. Ela me disse que estava indo à Casa de Custódia, pois seu menino estava morando lá. Ele estava preso. Andou fazendo umas bobagens e estava condenado. 

Mas como não se acostumava com a comida da cadeia, ela, a pobre viúva, vendeu a casa que tinha em Araraquara, comprou meia-água perto do Mercado Municipal de Taubaté só para fazer comida para o seu filho. Parei diante da Casa de Custódia e me despedi daquela senhora. Ela desceu ali, mas eu a levei dentro de meu coração para o convento.

Naquela tarde meditei melhor sobre o amor de Deus. Se aquela mulher simples era capaz de amar o filho criminoso, a ponto de fazer o que estava fazendo por ele, claro que Deus, muito melhor do que ela, também me ama com um amor muito maior." 

História contada no livro: Experenciar Milagres


No Coração de Jesus, procurando ser servos, 
Equipe Blog Padre Léo Eterno

Um comentário:

  1. Não merecemos mas o amor do nosso Deus por nós supera a tudo.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!