domingo, 10 de abril de 2016

Padre Léo fala sobre os Santos Inocentes aos pais que cometeram pecado do aborto


"Nós celebramos a festa do Santos Inocentes. Quem foram os Santos Inocentes? Aquelas crianças assassinadas barbaramente por Herodes porque ele queria matar Jesus. Aquelas crianças tinham consciência daquilo que estava acontecendo com elas? E por que elas se tornaram mártires? Porque, sem saber, elas morreram no lugar de Jesus. Em Mateus, 25, Jesus diz: 

"Aquilo que você fizer ao menor dos meus irmãos, você faz a mim."

 Logo, eles morreram no lugar de Jesus. E se morreram no lugar de Jesus, eles são mártires, Santos Inocentes. Gente, o Exército dos Santos Inocentes que tem no Céu, louvado seja Deus, é infinito!



Porque, hoje, aquele filho que você matou, ele é seu filho, e ele é santo porque ele foi mártir! Ele morreu em consequência do pecado do mundo. Ele morreu no lugar do proprio Cristo. E hoje ele está grudado naquele Exército de Santos Inocentes. E você, mãe, e você, pai, um dia, Deus o livre e o guarde, fez um aborto, esse filho hoje está no Céu, ele está intercedendo pela sua salvação.

Olha bem o que é a concepção maravilhosa da graça de Deus... E isso é doutrina da Igreja Católica, sim! É aquilo que a Igreja canta na noite de Páscoa: "Oh, feliz culpa de Adão, que nos mereceu tão grande redentor!".

Então, você minha irmã, você, meu irmão, que um dia cometeu o pecado do aborto, ao tomar posse da graça de Deus em sua vida (a partir desse pecado terrível, desse pecado hediondo, desse pecado medonho), você tem um filho que está no Céu, que é santo e que hoje está intercedendo pela sua cura, intercedendo pela sua restauração.

E a grande reparação que você pode fazer a esse seu filho que você assassinou barbaramente (não tire o peso do crime)... A única e a melhor coisa que você pode fazer por ele, é viver uma vida santa. É viver uma vida na Graça, porque ele está em Deus, está orando por você!

Isso significa graça de Deus! Em Deus, a pior desgraça... Não tem pecado pior que o aborto. Não tem! É o pecado mais contrário da natureza. Não tem pecado pior. 

As vítimas do aborto não foram as crianças que morreram. Essas estão no Céu e são Santos Inocentes. As vítimas do aborto são homens e mulheres que continuam pela vida condenando-se, provocando enfermidades, doenças em cima de doenças. E atraindo para si a desgraça, a propria Ira Divina. E, mais do que a Ira Divina (porque a Ira Divina transforma-se em misericordia e graça quando nos abrimos a ela), você torna-se um emissário, um mensageiro da morte, um emissário do encardido quando você assume e quando você protege, infelizmente, esse crime. Não adianta a gente passar a mão na cabeça das pessoas...

Gente, enquanto nós estivermos produzindo a desgraça que estamos produzindo, o assassinato em massa... Mais de um milhão de crianças assassinadas, meu Deus! E eu repito: a minha grande preocupação não são essas crianças, porque essas estão em Deus. Essas eu sei que estão em Deus! Minha preocupação é você, mãe, é você, pai, que ficou. A insensibilidade que vai ficando. 

Então, se você um dia passou por essa desgraça, a primeira coisa a fazer: confesse o seu pecado ao Senhor. Não tenha medo! Pode ser o pior padre, pode ser o padre mais pecador do mundo... A hora que você se ajoelha ali, naquela hora que ele está revertido do poder sacerdotal, mesmo que ele fosse o pior de todos os pecadores, Jesus Cristo que está absolvendo você! Vá se confessar humildemente, quantas vezes for necessário, vá se confessar."

Trecho da pregação: Prosseguir decididamente

Transcrição do vídeo Padre Léo - Contra o aborto

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!