terça-feira, 29 de março de 2016

Alimentar a chama da vida!

A Igreja, em todo mundo, esta semana, vive a Oitava da Páscoa. São oito dias para vivenciarmos com profundidade esse mistério de fé. Essa experiência não pode ficar somente no Domingo da Ressurreição, tem que se estender para o resto de nossos dias.


O Tempo Pascal nos ajuda a entender o grande mistério de nossa salvação.
Vivemos a quaresma como um tempo de conversão. Celebramos a Semana Santa, um tempo novo. No Domingo de Ramos, Jesus entrando em Jerusalém dá os passos decisivos para a nossa salvação.

O Tríduo Pascal tem início na Quinta feira Santa com a Celebração da Ceia do Senhor. É a Instituição da Eucaristia. Jesus, o eterno sacerdote ofereceu-se ao Pai pela nossa salvação, o sacrifício da Nova Aliança e mandou que o celebrássemos em sua memória. Sua carne é o alimento que nos fortalece, e o seu sangue é a bebida que nos purifica.

Na Sexta feira Santa a Igreja recorda a Morte de Cristo, quando contemplamos a vida que brota da Cruz de Cristo. Jesus como homem sofre no corpo e no espírito. No Getsêmani ,Ele teve solidão, medo, depressão, angústia, tristeza. Rezou ao Pai que o fortaleceu para resistir a todo o sofrimento pela nossa libertação. A morte de Jesus fez romper as barreiras do acesso ao Pai, inaugurou novo caminho, novo relacionamento com Deus.

Na noite do Sábado Santo, a grande vigília. Na escuridão, a Igreja espera aquele veio nos trazer a vida: Jesus, o “Fogo Novo”! O sacerdote com o “Círio Pascal” (Cristo ressuscitado) acende todas as velas. Do escuro da morte brilha a Luz. O caminho é iluminado pela Luz de Cristo. A nossa fé na Ressurreição nos traz um sentido novo. É a vida de Cristo que renasce em nossos corações, e nos chama a viver na sua Luz. "Ele está e estará conosco todos os dias, inclusive e principalmente em nossos piores dias. Jesus ressuscitou! Então tudo tem jeito. Não existe nenhuma situação, por pior que seja, que não tenha saída. Com Jesus a vida vence sempre!"

"Jesus Ressuscitado é o único que pode curar verdadeiramente nosso coração". A alegria de viver, de servir, de partilhar, de solidarizar-se com os irmãos, tudo isso alimenta a chama da vida que está em Cristo Jesus. "Mesmo quando passamos por situações difíceis, de cruz e sofrimento, em Cristo ressuscitado somos mais que vencedores". 

Temos a promessa de Jesus, que se permanecermos com Ele até o fim, passando pela cruz, chegaremos à glória do céu."O encontro do coração não acaba, não termina. Quanto mais longe, mais perto. A ausência é presença! A distância é só o prolongamento da certeza de que os laços que nos unem são eternos... A certeza do reencontro é mais do que esperança, pois já é, na própria certeza, o encontro esperado , antecipadamente vivido e experienciado". 

Trechos do livro: Roteiros Bíblicos de Cura Interior  

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!