terça-feira, 1 de março de 2016

Deus seja louvado e o encardido acorrentado! Histórias do Padre Léo

Não tem a história daquele rei que era um ateu? Ele tinha um súdito que era muito carismático. Aí tudo que acontecia, o súdito falava: 

- Deus seja louvado e o encardido acorrentado. Foi a vontade de Deus!

Aí, acontecia lá uma desgraça qualquer e ele dizia: 

- Deus seja louvado e o encardido acorrentado!

E aquilo irritava o rei.



Um belo dia, eles estão na floresta caçando, veio uma onça e grudou o dedinho do rei. Comeu o dedinho do rei. Quando o rei olhou pra ele, ele virou pro rei: 

- Deus seja louvado e o encardido acorrentado!

Aí o rei ficou louco! 

- Que encardido acorrentado, o quê? Quem vai ficar acorrentado é você, sua anta!

Já mandou que os guardas o prendessem imediatamente. Ficou preso e, quando foi preso :

- Deus seja louvado e o encardido acorrentado!

Passou um tempo, o rei sarou do dedinho, voltou pra floresta pra caçar. Estava na floresta, caçando, quando um bando de índio antropófago (aqueles indios que comem a pessoa), prendeu o rei. Caçaram ele e levaram ele. Levaram o rei preso, já fizeram aquele ritual, as danças, tudo, aquele caldeirão enorme lá, já, pra cozinhar ele... Quando estava quase na hora do ofertório, chamaram o pajé pra dar a bênção final no alimento. Que o índio não come sem agradecer ao senhor... Quando o pajé veio pra dar a bênção, o pajé deu um berro: 

- Não serve como oferenda! Falta um dedo!

 O rei foi libertado. Quando o rei foi libertado, o rei ficou feliz da vida! Falou: 

- Aquele homem tinha razão! Deus seja louvado! É verdade! Se eu tivesse o dedo eu tava comido agora...

Aí, quando ele chegou no palácio, a primeira coisa que ele fez? Mandou soltar aquele homem. Soltou o empregado, o servo, mandou trazer até ele, pediu desculpas: 

- Você me perdoa! Você me desculpa! Agora eu tou acreditando! Mas eu só não entendi uma coisa, se esse Deus seu é tão bom, que você vive falando: "Deus seja louvado e o encardido acorrentado", como é que Ele não impediu você de ficar preso injustamente?

E ele: 

- Deus seja louvado e o encardido acorrentado! Deus é sábio! Se eu não estivesse preso, eu estaria com o senhor. E, estando com o senhor, como eu tenho o dedo perfeito, os índios teriam me comido.

Deus seja louvado e o encardido acorrentado! 


Historinha contada por Padre Léo na pregação: Prosseguir decididamente

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!