domingo, 15 de maio de 2016

"O mundo precisa de um novo Pentecostes!"

“Desceu o Espírito Santo em forma de línguas de fogo, e ficaram todos cheios do Espírito Santo” (At 2,1-4). 
A promessa foi cumprida, no dia de Pentecostes, o Espírito Santo veio e os apóstolos foram inundados por essa graça, foram transformados. Antes, cheio de medo dos judeus, agora homens valentes, corajosos, capazes de dar a própria vida pelo Evangelho de Jesus Cristo.


Hoje, quando a Igreja celebra o dia do Espírito Santo, relembro aqui trechos da pregação: “Vinde Espírito Santo”, de 17/05/2003, Acampamento de Pentecostes, em Cachoeira Paulista, sede da Canção Nova.
Padre Léo vem nos dizer sobre a ação do Espírito Santo em nossas vidas.A terceira pessoa da Santíssima Trindade veio morar em nós, gerar em nós uma vida santa, mas temos dificuldade em viver toda a dimensão de nosso batismo. Isso o padre nos explica ao longo da pregação.
"O mundo precisa de um novo Pentecostes. Cada um de nós precisa com urgência de um novo batismo no Espírito Santo". 

Os apóstolos foram transformados porque receberam o batismo no Espírito Santo.
"E não é com o Espírito Santo, o batismo que o Senhor opera em nós é no Espírito Santo, coloca em nós aquilo que Deus é: Deus é Espírito e Santo". 

Um ensinamento fabuloso:
"O nome Espírito Santo é o único da Santíssima Trindade que pode ser atribuído aos três. O Pai não é Espírito, não é Santo? Então, o Pai é Espírito Santo. Jesus não é Espírito, não é Santo? Então Jesus é Espírito Santo. O Espírito Santo, amor do Pai e do Filho, vem sobre nós. É Ele que vem, e não entendemos". 

Precisamos reconhecer e aceitar o amor santificador de Espírito Santo.
"O mundo vive essa triste crise de amor, porque não nos deixamos nos conduzir pelo Espírito Santo. Quantas coisas ruins acontecem no mundo? Por que? É triste, mas é porque, principalmente nós sacerdotes, o Espírito Santo não encontra espaço suficiente para fazer Jesus ser para nós, o Senhor e Salvador. Para muitos de nós, Jesus não passa de “um certo Jesus”. Às vezes, um probleminha, a primeira coisa que renunciamos é a nossa fé. Jesus é romântico, mas não alguém que me compromete. 
O Jesus do Evangelho é uma pessoa, alguém com quem tivemos um encontro pessoal. E com Ele estamos comprometidos até o fim da vida". 

A RCC comemora este ano o Jubileu de ouro, 50 anos do movimento que suscitou o Espírito Santo entre nós, com o tema: “Um novo Pentecostes para uma nova evangelização”. Portanto,o que padre Léo falou é bem atual.
"A Renovação Carismática Católica precisa passar com urgência hoje pela experiência de um novo Pentecostes, não tenho dúvida de que o Senhor está dizendo nesse momento da história. Pentecostes não pode ser uma lembrança de um encontro que a gente teve um dia. Pentecostes tem que ter essa predisposição de estar repetindo sempre: Vinde Espírito Santo, Vinde Espírito Santo..."

O Espírito nos conduz ao grande amor de Deus, para ficarmos encharcados de sua presença.
"Jesus nos pede a plenitude do Espírito Santo. No dia de Pentecostes, todos ficaram cheios do Espírito Santo". 
E nos faz uma pergunta dolorosa, pra mim, pra você: "Por que você vive no vazio? É porque está com o coração cheio de porcaria. Precisamos ser homens e mulheres cheios do Espírito Santo". 

Peçamos neste dia, a graça de estarmos cheios do Espírito de Deus, presença poderosa, atuante e santificadora. Para receber o Espírito Santo é só pedir: Vinde Espírito Santo, Vinde Espírito Santo...  

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!