terça-feira, 3 de maio de 2016

Tocar no mistério!

Quantos católicos não acreditam na presença real de Jesus na Hóstia Consagrada! Conhecer os milagres eucarísticos nos permite mergulhar nesse mistério de amor, fonte inesgotável para a nossa vida cristã, suscita nossa fé, na grandiosidade de um Deus que se manifesta como sinal de salvação.
O milagre de Legnica, na Polônia, aconteceu no santuário de São Tiago, durante a Celebração Eucarística. O bispo Zbigniew Kiernikowski informou aos fiéis de que naquele local ocorrera um evento com “sinais de um milagre eucarístico”. 

No Natal de 2013, uma Hóstia consagrada caiu no chão, durante a comunhão. Foi recolhida e colocada em um recipiente com água. Pouco tempo depois, apareceram manchas vermelhas no Pão Eucarístico. O material foi entregue ao Departamento de medicina legal para análise.
Depois de analisados, por dois anos, o Departamento atestou ser de origem humana.

Estas são as palavras do Pe. Prof. Dabski: “É uma hóstia consagrada. Hoje não estamos aqui como cientistas, mas como testemunhas do que foi feito, do que ocorreu. Todos os materiais recolhidos dão-nos a possibilidade de afirmar que este evento tem características de milagre eucarístico. Sei porque motivo durou dois anos: estamos a viver o Ano da Misericórdia”. 
Foi  aprovado pelo Bispo no dia 17 de abril último a veneração de uma santa Hóstia Consagrada que sangra, devidamente comprovado o fenômeno milagroso.

A participação da Celebração Eucarística, a comunhão, a adoração, tudo se torna sem sentido, se em nosso coração não estiver a certeza da presença real de Jesus na Eucaristia. Não é cristão quem não vive de forma radical a fé em Jesus Cristo. Esta é a mensagem da magnífica pregação do padre Léo em 21/07/2005, quando participou do Congresso da RCC, em Cachoeira Paulista, com o tema: “Eu sou o pão vivo descido do céu”. 


Padre Léo nos exorta quanto a nossa participação na Celebração Eucarística. Precisamos mergulhar no sagrado mistério, pois sem a eucaristia, nenhum cristão se mantém de pé, neste mundo tão conturbado.
"E talvez seja por isso, que se repete, entre nós, o que São Paulo escreveu, e que se encontra no capitulo (11), da primeira carta aos Coríntios. 
No versículo 28 diz que cada um se examine a si mesmo, parece contundência de mais, se é cada um, só pode examinar a si mesmo, essa tríplice repetição, do pronome jogando para a responsabilidade pessoal, mas não individualista, aparece como resultado triste no versículo(30). 
Por que vocês não estão vivendo bem a Eucaristia, assim começa o versículo (30), essa é a razão, pelo qual existe entre vocês tanta gente doente, tanta gente fraca, e tanta gente que morre. Quando nós lemos a força dessa palavra, vamos descobrindo que também entre nós, continua acontecendo estes tristes casos de gente doente, de gente enfraquecida, de gente morrendo, longe da graça de Deus". 

Ao longo de toda a pregação, padre Léo, vai nos revelando como viver bem esse mistério, esse grande e poderoso remédio para todos os males físicos e espirituais. É só deixar que este Sacramento faça parte de nossa vida.
"Hoje, nós somos convidados meus irmãos, a uma nova experiência de Deus, a partir da experiência perene da Eucaristia". 
E encerra a pregação com a oração de São Tomé: “Senhor, eu creio, mas aumentai a minha fé!”


Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!