sábado, 23 de julho de 2016

O homem precisa aprender com a mulher a contemplar uma flor

"Jesus está dizendo que pra entender o sacramento do matrimônio o homem precisa sair do seu mundo. E por que fala do pai e da mãe? Porque nós aprendemos isso dentro de casa. E quantas vezes aprendemos errado: 'Homem que é homem não chora!' Mas quando nasce? Olha duas crianças: põe no berço o menino e a menina. É igual. Menino e menina igualzinhos. Choram igual!



 Mas depois, quando o menino vai crescendo, o pai já começa a ensinar: 'Não chora! Você tem que caçar. Enxerga lá...'  Põe aquela ideia na cabeça. Jesus está dizendo: 'Homem, você tem que sair desse mundo! O homem deixará pai e mãe e se unirá a sua mulher.' Eu acho isso espetacular em Jesus. Jesus está dizendo que se vocês, homens, querem ser verdadeiramente homens precisam deixar de ser machos. Precisam ir para o mundo da mulher. Macho é muito fácil ser. É a coisa mais fácil que tem! Como é que se sabe se o passarinho é macho ou fêmea? Só dar minhoca pra ele comer. O passarinho macho só come minhoca macho. Passarinho fêmea só come minhoca fêmea. Pronto! Coisa mais simples. Macho não é difícil. Homem é! 

Foi por isso que o Verbo de Deus se fez homem e habitou entre nós. O homem deixará pai e mãe e se unirá a sua mulher. Olha, o protagonista que sai é o homem. É o homem que precisa entrar no mundo da mulher pra perceber essa docilidade. Essa presença: o feminino em Deus! 

Por que será que num contexto machista, semítico, que a Bíblia foi escrita... Por que será que Deus se compara tanto a figura feminina? Até mesmo da natureza? Deus se compara a uma galinha! 'Assim como a galinha recolhe os pintinhos embaixo de suas asas, Eu queria recolher vocês.' 



Gente, que linguagem absurda é essa que a Bíblia nos ensina! Mas é pra mostrar! É pra chacoalhar! É pra fazer com que você começe a pensar aqui dentro da sua cabeça e descendo para o seu coração que há algo que vai muito além! Que a saúde da nossa sociedade está nesse estado lastimoso, exatamente porque está machista demais. E porque está machista demais, está machucado demais. É preciso entrar no mundo do outro! E entrar no mundo do outro significa essa capacidade de flexibilidade. O enxergar a meta, mas descobrir que existem outras possibilidades.

Exupéry já ensinava isso! Amar não é ficar olhando um para o outro. É descobrir uma direção comum e caminhar nessa direção. Por que será que Jesus ensina você e nos ensina a sensibilidade da vida? Quando Ele diz: 'Olhai as aves do céu. Olhai os lírios do campo..' 

Nós precisamos aprender com a mulher a contemplar uma flor! Pena que nós, homens, perdemos a capacidade de contemplar uma flor. Se você quer aprender a ser feliz, aprenda a fazer aquilo que a flor faz: a flor transforma o mais árido terreno numa sensibilidade que impressiona tanto! Olha a delicadeza dessa pétala..."

Padre Léo

Trecho da pregação "Conhecer para melhor amar".

Para adquirir essa pregação, clique aqui

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!