quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Não sejamos o bagaço do mundo

"No começo, tudo é bom. No começo, tudo é gostoso! A roupagem, a liberdade falsa do encardido é bonita... Ela é agradável! Por isso eu digo e repito: maconha é gostosa, o que não presta é o efeito dela. Cocaina, na hora que usa, é uma delícia. Você, chapado, consegue rir pra sua sogra! Tanto que sogra gosta de genro chapado. 'Nossa! Ele é tão bonzinho, padre! Trata eu tão bem!' Na hora, o efeito... O ruim é depois. Você vai precisando cada vez mais... Cada vez mais… Cada vez mais… E o mundo não quer bagaço. A propaganda mostra bagaço? Mostra? Não. Mostra bagaço pra gente rir deles.



A propaganda mostra a pessoa sempre bonita. Aquele corpo maravilhoso! Aquele ideal de fora! Mas aquele vazio interior… Na hora que você sobrar só o bagaço, a única coisa que o mundo sabe fazer com bagaço... Aliás, o mundo nem sabe trabalhar com os seus bagaços. O Brasil não sabe trabalhar nem com 1.5% do lixo que produz. Perde o lixo todo. Não aprendeu a trabalhar nem com o lixo. 

Acho que aqui nós precisamos ser especialistas em uma coisa: especialistas em lixo reciclado! Mas não para reaproveitá-lo. Deus não nos reaproveita. Deus nos renova. Deus nos restaura. Deus nos torna completamente novos."

Padre Léo

Trecho da pregação "Você nasceu para ser livre".

Para adquirir essa pregação, clique aqui. 

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!