sábado, 3 de setembro de 2016

O perigo da falsa liberdade


"A história que Jesus contou de um jovem… Um menino que queria ser feliz. Um menino que achava que ia ser feliz quando tivesse dinheiro para gastar o tanto que quisesse e liberdade para fazer o que bem entendesse. E que foi praquele país distante. E que lá foi uma festa maravilhosa! Ele tinha dinheiro. Ele tinha liberdade. Ele não tinha ninguém pra perturbá-lo. Ele era livre. Mas na hora que o dinheiro foi acabando e ele foi se tornando escravo dessa falsa liberdade, Jesus disse que o destino dele foi terrível! Onde ele foi parar? Num chiqueiro! E num estado tão lamentável, tão deprimente, que ele não podia nem mesmo comer a lavagem, as bolotas que ele dava pro porco. 



É exatamente isso que acontece e que a gente está assistindo esse espetáculo medonho que está acontecendo, de modo especial com a juventude. E não é só no Brasil. É no mundo inteiro! No ano passado, segundo o governo japonês, cometeram suicídio naquele país 36 mil jovens. Faça conta: o ano tem 365 dias, dá cem por dia. Quantos por hora? Quatro por hora. A cada 15 minutos. Isso, dado oficial. Por que o jovem chega lá nesse buraco? 

Último censo mundial de dependência química, só na maconha no mundo tem quase 144 milhões de dependentes. Milhões! Dá quase um Brasil! E onde vai parar esse pessoal? Exatamente no lugar que foi esse menino, esse rapazinho. Esse rapazinho, o Evangelho não conta como começou a história dele. E sabe por que o Evangelho não conta como é que começou a história dele? Porque todo mundo já sabe. É do mesmo jeito que começou a minha, a sua... 



Aponta pra quem está do seu lado aí e diz: 'Ó, a história sua foi falada!'. Dá os parabéns pra pessoa! Fala: 'Mas você é muito importante, heim, cara! A Bíblia fala de você!' É exatamente por isso que o Evangelho não conta como é que começou a história dele. Porque a história de todos nós começa absolutamente igual. Primeira coisa que o encardido coloca na cabeça da pessoa: 'Eu preciso ser livre!'. 

O adolescente acha que já é grande porque ele é livre. 'Eu quero chegar na hora que eu bem entender. Eu quero ir onde eu quiser. Eu quero ter as minhas coisas. Eu não quero ter ninguém que mande em mim.'.

Padre Léo

Trecho da pregação "Você nasceu para ser livre".

Para adquirir essa pregação, clique aqui. 

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!