segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Rezando com Padre Léo - Trecho da oração final da pregação "Você nasceu para ser livre"


"Eu queria convidar você a colocar-se diante de Jesus como uma pessoa completa e absolutamente necessitada. Alguém determinado a ser livre no Senhor. E por isso proclame Jesus como único Senhor da sua vida! 



Senhor Jesus, eu tenho sido dependente de muitas pessoas, de muitas coisas... Em nome da liberdade que eu busquei, eu acabei me aprisionando. E hoje eu sou preso nesse cigarro, nessa maconha, nessa cocaína, nesse crack, nesse remédio que eu tenho que carregar na minha bolsa... Hoje eu sou dependente da bebida. Hoje eu sou dependente do sexo. No começo, era tudo uma ventura, a descoberta do meu corpo... E eu fui capaz de esquecer, inclusive, aquilo tudo que eu sabia que havia aprendido na minha religião, na minha família, porque eu queria viver intensamente aquela emoção. E era tudo tão bom, Senhor! Depois veio a decepção daquele namoro que acabou... E eu que tinha a certeza que essa era a pessoa mais maravilhosa do mundo... Que nunca ninguém no mundo tinha amado alguém do jeito que eu estava amando... Que era por isso que ninguém entendia... Era fácil entender por que meu pai, minha mãe, meus irmãos, meus amigos, a igreja, não entendiam o meu jeito de amar. Eles eram frustrados que nunca amaram do jeito que eu amei. Porque quando a gente ama, a gente acha que é exclusivo, que é único no mundo. Acha que nunca ninguém no mundo amou. Acha que ninguém no mundo passou a experiência. Acha que a gente é a pessoa que está descobrindo o amor! Eu achei que era isso. Achei não! Tinha a certeza. Ele era o homem da minha vida. Ela era a mulher da minha vida. Diante daquela pessoa eu me esquecia do meu pai, da minha mãe... Eu esquecia da minha fé. Eu me esqueci de Deus e de mim mesmo. Eu me esqueci de tudo..."

Padre Léo

Trecho da pregação "Você nasceu para ser livre".

Para adquirir essa pregação, clique aqui. 

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!