quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Aprendendo a enxergar além do óbvio

"O poeta é alguém que vai além do óbvio. Carlos Drummond de Andrade, que além de poeta, era mineiro... Aliás, dificilmente você encontra um mineiro que não seja poeta. Difícil! E difícil você ler um autor mineiro que não esteja cheio de erro de português... Começa com Carlos Drummond de Andrade, Murilo Mendes, Rubem Alves e outros…



Um poeta, um profeta, como Carlos Drummond, que olhava para uma pedra e não via uma pedra… 

"Tinha uma pedra no meio do caminho. No meio do caminho tinha uma pedra."

A pedra estava no meio do caminho! Fosse o pedreiro, olhava para a pedra e já punha na construção. Fosse época de campanha política, um já pensava em pegar aquela pedra e dar uma pedrada na cabeça do adversário. O menino já olharia para aquela pedra e a dividiria para fazer de estilingue para fazer as cinco pedrinhas para derrotar o Golias.

Mas o poeta vê a pedra, e naquela pedra ele vê a vida! Sabe, a gente precisa aprender a ver os espelhos da vida! Só que a gente tem que tomar um cuidado: com qual espelho você olha? 

Padre Léo

Trecho da pregação "Quem são meus íntimos"

Para adquirir pregacões, livros e homilias de Padre Léo, além de produtos da Comunidade Bethânia, clique aqui. 

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!