domingo, 22 de janeiro de 2017

CN Notícias- Infância e adolescência do padre Léo

Este mês de janeiro de 2017, especialmente dia 04, nos lembramos do saudoso padre Léo, 10 anos de eternidade, ele que foi canal de conversão para muitos.

O Jornalismo Canção Nova (CN Notícias) numa justa homenagem, exibiu uma série de reportagens, sobre a vida e obra desse pregador, que atraiu multidões, anunciando a Palavra de Deus, resgatando muitos corações para Deus.

A reportagem (1ª matéria) de Fernanda Ribeiro e Messias Junqueira nos trouxe um breve histórico sobre a sua infância e adolescência.

“Em outubro de 1961, o casal Nazaré e Joaquim se prepara para a chegada do nono filho, para a felicidade de todos, o garoto chegou bem no aniversário de 10 anos de casados, dia 09 daquele mês. Tarcísio, assim como no significado do nome, tinha a natureza de pessoa corajosa. 
Nasceu no Biguá, sul do Estado de Minas Gerais. Para o mineiro, a origem é motivo de orgulho, por isso, essas terras, sempre tiveram tamanha importância em sua história. 
Na infância viveu as regras do interior: despertar com a luz do sol, trabalhar na roça, se aquecer na taipa do fogão e descansar ao entardecer. Uma rotina que o acostumou e foi muito feliz com o pouco”. 

Sua irmã Célia nos deixou um lindo testemunho de verdadeira família católica, que vive e pratica a fé, ensinando aos filhos os valores cristãos.
“Léo foi uma criança muito feliz. Sempre gostou muito de cantar, nadar no rio, ele só não foi bom para o futebol”. 
Segundo ainda a sua irmã, o menino já apresentava os sinais de sua vocação, quando brincava de celebrar a missa, em cima de uma pedra, cortava a tampa de caixa de sapato em rodelinhas (hóstias) e as distribuía aos cachorrinhos e às crianças.

As crianças são motivadas pelo exemplo da família, os valores que passam para os filhos.
“A sua vida, longe da cidade grande girava em torno das festividades religiosas. Assim o menino do Biguá se tornou coroinha”. 

Deus o preparou para a missão de ser sacerdote, o homem que pertence a Deus, que conduz as pessoas para Deus e que oferece sacrifício a Deus.
“Na adolescência o menino Tarcísio cumpriu o mesmo destino que o irmão mais velho: morar fora de casa... 
A vida em Itajubá não era só de estudos, o gosto pela crença religiosa plantada na infância foi cultivado na Paróquia São José Operário, quando acompanhava a avó nas missas aos fins de semana. Nessa época, ainda jovem, manifestava o desejo de estar mais perto do altar, de ser padre”. 

Quem conhece os desígnios de Deus? Muitas coisas obscuras hoje, se tornam claras mais tarde. O Senhor reconheceu naquele menino do Biguá, coroinha do padre, um coração inocente e voluntário para obedecer e o tornou sacerdote, pela força do Espírito Santo.

Fonte: http://noticias.cancaonova.com/brasil/conheca-um-pouco-mais-da-infancia-de-padre-leo/  

Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!