quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Pregação: Rios de Água Viva

“No último dia, que é o principal dia de festa, estava Jesus de pé e clamava: ‘Se alguém tiver sede, venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a escritura: Do seu interior manarão rios de água viva’. Dizia isso, referindo-se ao Espírito que haviam de receber os que cressem nele, pois ainda não fora dado o Espírito, visto que Jesus ainda não tinha sido glorificado”. 


Este trecho que se encontra em João 7,37-39, foi a base da pregação do padre Léo: “Rios de água viva”, de junho de 2001 -Acampamento de Pentecostes (reprise desta segunda feira, Canção Nova).
Durante os dias da festa das cabanas, faziam memória à água jorrada na rocha do deserto, com uma jarra de água tirada da fonte de Siloé. Mas esse símbolo foi realizado em Jesus, fonte da água viva, fonte de vida eterna.
“Não importa a situação que você esteja vivendo, tem jeito. E mais do que jeito, esse jeito tem nome e é de graça porque é a própria graça”. 

Padre Léo, com seu modo peculiar de pregar, cita o profeta Ezequiel 37,1-14, a visão de um vale cheio de ossos, para nos dizer que temos que ter esperança, por mais dolorosa a situação em que estejamos vivendo.
“O profeta Ezequiel olha um vale de ossos humanos jogados, e Deus pergunta ao profeta: 'Tem jeito?'. 'Profetiza sobre esses ossos filho do homem!' Imaginem essa cena, o profeta olhando para aquele monte de ossos e profetizando: “Vem Espírito santo sobre esses ossos”. 
E começa o filme de terror, primeiro os ossos foram se juntando, e os esqueletos foram sendo montados. Agora manda vir carne. E começa a grudar carne e ali estão um bando de cadáveres, parece alguns católicos que a gente conhece, não faz nada. Serve para alguma coisa ainda? Profetiza sobre esses cadáveres. E o profeta profetiza, e vem um sopro de Deus, eles começam a se levantar e formam um grande e maravilhoso exército. Essa é a esperança, essa é a certeza. Pode ser que a sua família esteja no osso, seja o que for, tem jeito. E esse jeito tem nome, é Espírito Santo de Deus. Tem saída!” 

Aquele que bebe com fé nessa fonte, transforma-se num canal que comunica essa água a outros. Nesse trecho, padre Léo nos faz algumas perguntas que precisamos respondê-las.
“Todos nós temos essa sede, lá no fundo há essa sede de Deus, a humanidade inteira tem sede de Deus, e busca preencher essa sede com as águas barrentas que o mundo vende, mas no fundo é essa sede profunda, e nós vamos saciar essa sede no lugar errado, nos abastecemos de água morta, de água suja, de água contaminada. 
Você que tem sede? Jesus diz: 'venha!' Que lado estou indo? Onde eu estou indo buscar? Se eu estou nessa situação, se eu estou no osso, onde eu estou indo buscar? Na Nova Era? Nas falsas religiões? Nessa religião que não me compromete? Nos astros, na astrologia? No ter, no poder no prazer? Onde estou indo buscar? E que água estou bebendo? 
Enquanto vamos bebendo e nos saciando com a água barrento do pecado, de dentro de nós vai fluindo um rio de águas mortas. E esse rio de águas mortas é o ódio, o desamor, a mentira, o pecado, é o que vai transformando essa vida num túmulo”. 

Quando recebemos o batismo no Espírito Santo passamos a ter uma vida transbordante no Espírito, e  contagiamos quem está ao nosso meio.
“O Espírito Santo quer produzir em nós esses rios de água viva. Que frutos nós estamos produzindo? Mas não o que eu digo, porque uma árvore não conhecemos pela casca, mas sim pelos frutos. Que frutos as pessoas que convivem comigo percebem em mim. 
'Ah Padre, mas eu sou uma pessoa fraca'. Louvado seja Deus se você chegou a essa conclusão. Porque segundo São Paulo essa é a única condição para você beber dessa fonte de água viva. O Espírito Santo só pode vir em auxílio da nossa fraqueza. Você é fraco? Então você pode ser cheio do Espírito Santo”. 

Deixemo-nos guiar pelo poder do Santo Espírito! 

0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!