terça-feira, 18 de abril de 2017

A importância da verdadeira amizade

Em suas pregações, padre Léo sempre nos falou da importância de cultivarmos os relacionamentos, termos amigos de verdade a quem possamos nos mostrar por inteiro, ser quem realmente somos, sem máscaras.


    Foto: Padre Léo e padre Vicente 

Hoje, 18 de abril, dia em que é celebrado o Dia do Amigo, presenteamos nossos leitores com alguns trechos de pregações em que ele falou sobre o tema com a sabedoria que lhe era peculiar:

Amigo ou colega? 

"Você tem verdadeiros amigos? Não responda. Eu não estou falando colega. Eu não estou falando conhecido. Gente que me aplaude. Gente que me puxa o saco. Eu não estou falando disso. Isso é fácil. Se a pessoa precisar de você, ela vai atrás. 

Amizade interesseira? Ah, meu Deus, basta dar uma olhadinha agora, época de eleição, que você vai ver. O que aparece de gente... Eu não estou falando disso aí. Eu não estou falando dessa futilidade do mundo. Pra essa futilidade do mundo, eu já disse nesse palco aqui, não faz muito tempo, que Deus me deu a graça de cortar 99%. Faltam alguns, mas vou conseguir. Se Deus quiser! Quem diz ter muitos amigos, aqueles amigos de festa, só das coisas superficiais, só pra fazer folia... 

Quantos filhos chegam para mim e contam: Ah, pai, quando eu tinha dinheiro, quando eu tinha carro, eu tinha sempre amigo. Minha casa estava sempre cheia de gente. Os colegas iam lá pra gente ir pra zona, pra gente ir comprar droga. Sempre tinha amigo. Na hora que eu me contaminei, na hora que eu perdi tudo, na hora que eu fui preso, não apareceu ninguém.

Eu louvo a Deus as situações difíceis que já aconteceram em minha vida, porque são essas horas que mostram pra gente quem a gente é para os outros. Porque pra Deus, eu já sei. Por isso nunca peça para Deus: Senhor, tira os problemas da minha vida. Não. Peça para Deus: Senhor, dai-me a graça de superar os meus problemas.

Trecho da pregação Como bambus no Getsêmani.

Características dos verdadeiros amigos:

“Amigo: próximo o suficente para dizer 'Estou aqui', e longe o suficiente para não sufocar." 



"Amigo é aquele diante do qual eu posso rasgar meu coração e mostrar minha fraqueza."

Trecho da pregação Como bambus no Getsêmani.

"O verdadeiro amigo é aquele que podemos contar as nossas vitórias."


Qualidade e não quantidade:

"Quantos amigos você tem? Amigos! Se você tiver mais amigos do que der para contar na palma da mão, você não tem amigos." 

Cuidado com os falsos amigos:

"Quem tem vitórias honestas, corretas, pode partilhar. O outro vai ficar com inveja? Vai. Ótimo! Aí eu sei que eu perdi o amigo. Uma das coisas que a gente tem que pedir muito a Deus: elimine os amigos falsos da vida da gente! Muito melhor ter um inimigo do que um amigo falso."

Trecho da pregação Os verdadeiros amigos de oração.

"Quem diz que tem muitos amigos não tem nenhum. Amigo você tem que ter poucos. Talvez contar na palma de uma mão. Mas é esse amigo diante do qual eu posso rasgar meu coração."

Trecho da pregação Como bambus no Getsêmani.

Somos humanos. Amigos erram:

"Se você não quer se decepcionar com os amigos, não tenha amigos!"



Ter amigos com quem abrir o coração:

"Você precisa ter alguém diante de quem você chore. Você precisa ter um amigo que você possa chorar diante dele e não precisar pedir desculpa. Chore com as pessoas que choram com você."


"Se você tiver amigos verdadeiros, quando os encontrar chorando, não os console... Fica do lado, chora junto. Por que você acha que tem sempre que fazer alguma coisa para tirar a tristeza do outro? Tristeza faz parte da vida!"

Trechos da pregação Jesus também chorou.

"Feliz de quem tem alguém diante do qual possa tirar máscaras e chorar, feito Jesus que chorou em Bethânia. Chorou porque é humano. E humano chora!"

"Quem são os meus íntimos? São aqueles com os quais eu partilho a minha alma." 

Nós só podemos dizer que somos íntimos de alguém se conhecermos o seu coração." 

Ter amigos que sejam amigos de Jesus:

Foto: Padre Léo e Jucélia, co-fundadora da Comunidade Bethânia

"Precisamos achar gente que tenha coragem de nos conduzir pelos difíceis caminhos do Céu."

Trecho da pregação Levanta-te e ANDA.

"Na vida, só é derrotado quem não tem verdadeiros amigos e Jesus. Pois quando temos amigos que são amigos de Jesus, a nossa vida ganha um novo sentido. Por mais pesados que estejamos, nós ainda aspiramos as coisas do Alto."


"Tive a graça de ficar doente na casa do padre Jonas, Eto e Luzia. Eles fizeram por mim o que a minha família e a minha comunidade não poderiam fazer."

Foto: Padre Léo com monsenhor Jonas Abib, padre Vicente, Luzia Santiago e Eto, em sua última pregação na Comunidade Canção Nova, 09.12.2006.

"Quando na vida nós temos amigos que são amigos de Jesus, ela ganha um novo sentido."

Trechos da pregação Buscai as coisas do Alto.


"Não posso me apartar. Ele está no meio de nós, mas precisamos estar com aqueles que estão com o Senhor o tempo todo." 


Foto: Padre Léo e monsenhor Jonas Abib

Amigos que nos levem a um encontro com Jesus:

"Precisamos nos cercar de pessoas que nos levem até Jesus."

Trecho da pregação Levanta-te e ANDA.


"Não interessa a situação que você estiver vivendo, ache pessoas que levem você até Jesus." 

"É preciso estar no meio daqueles que estão com o Senhor."



"Os seus amigos levam você para onde? Ache quatro amigos e peça: Pelo amor de Deus, deem um jeito de me levar até Jesus!"

Os que amamos levamos no coração:




"Quem ama nunca está longe. Como posso está longe de quem está dentro de mim?"


Amizades duradouras:

"Vocês que estão de cabelos brancos, sabem que antigamente as amizades eram verdadeiras. Quando meu pai morreu, o que mais me impressionou foi quando papai saiu no caixão, os amigos do meu pai começaram a chorar e a bater palmas, homens cinco, dez anos mais novos que meu pai... Eles eram amigos uns dos outros."

Amigos são tesouros:

"O maior tesouro é quando uma pessoa pode revelar o que está escondido, guardado... Isso só se fala para amigo, por isso o amigo precisa ser tratado como uma pérola."

Jesus tinha amigos íntimos:

"Jesus tinha o grupo de doze apóstolos. Ele tinha o grupo de setenta e dois discípulos com os quais ele rezava. Mas ele tinha o grupo dos doze apóstolos para orações mais íntimas. Foi para eles que Jesus ensinou o Pai Nosso, foi com eles que Jesus partiu o pão e instituiu a Eucaristia. Foi com eles que Jesus instituiu o sacramento da reconciliação. Mas, ainda dentro daquele grupo que rezava com Jesus, Ele tinha o seu grupo de cura interior. E esse grupo era formado por Pedro, Tiago e João. Sabe o que mais me impressiona? É que esses eram os três piores. 
Em matéria de relacionamentos, eles são os únicos três que a Bíblia conta que tinham defeitos de relacionamentos. E para completar o quadro, Jesus diz que o quarto está chegando. E qual era essa quarta pessoa? Era Judas. Jesus tinha o seu grupo, dentro desse grupo tinha os três que eram os seus verdadeiros amigos. Quem diz que tem muitos amigos não tem nenhum. Amigos de verdade você tem que ter poucos, mas ter amigos diante dos quais você possa rasgar seu coração."

Trecho da pregação Como bambus no Getsêmani.

"Os três que vão para o Getsêmani, o lugar para a desfiguração de Jesus, (Ele chega a suar sangue e água) são os mesmos três que estiveram no Tabor na transfiguração de Jesus. Os amigos da transfiguração são os mesmos amigos da desfiguração. É isso que Jesus está ensinando como roteiro para mim e para você, hoje! Será que você tem amigos verdadeiros? Amigo verdadeiro a gente sabe se diante dele a gente pode fazer duas coisas: primeiro, mostrar a minha miséria. Mostrar a minha derrota. Mas, mais importante ainda: o verdadeiro amigo é aquele diante de quem você pode mostrar a sua vitória. Claro! E é isso que Jesus está ensinando. Porque eu sei que quando eu partilhar com alguém, feito uma mãe... Uma mãe fica triste com o sucesso do filho? Imagina!"

Trecho da pregação Os verdadeiros amigos de oração.

Deus se faz presente através dos amigos: 

"Procure relembrar fatos de sua história onde se possa perceber com clareza o jeito que Deus amou você através de pessoas especiais." 

Foto: Padre Léo com diácono Nelsinho Corrêa







0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!