domingo, 23 de abril de 2017

Fonte da Misericórdia de Deus

Hoje a Igreja celebra o Domingo da Divina Misericórdia. O Papa João Paulo II, em Maio de 2000, instituiu essa festa, que acontece no segundo Domingo da Páscoa .

Relembramos aqui a pregação do padre Léo, com o tema “Segredos para a cura interior”, de 25/04/2004, dia de louvor na Canção Nova, em Cachoeira Paulista. Também neste dia aconteceu o lançamento de seu livro com o mesmo título. Segredos que o Senhor  lhe confidenciou, ao longo do seu Ministério de Cura Interior.


Padre Léo partilha conosco algo que precisamos saber, para obtermos a cura interior. E vamos entender o significado da palavra “Misericórdia”.

Ninguém conhece a Jesus se não trilhar o caminho do amor. Padre Léo nos ensina que mesmo que estejamos passando por provações, temos que ter a absoluta certeza de que Deus nos ama, nos acolhe, nos abraça. Mesmo nas piores situações, a misericórdia de Deus é algo real. É presença contínua, constante. É eterna.
"Deus está pronto para me acolher por inteiro. E me acolhe do jeito que eu sou, com as minhas cascas, minhas feridas. Acolher é guardar no coração".


No mundo, grande parte, perdeu-se o sentido do verdadeiro amor humano e divino.
"O grande problema é que o conceito errado que temos do amor humano, leva-nos a não experienciarmos o amor divino. Nada, nem ninguém pode impedir Deus de nos amar, mas nós não nos abramos a esse amor".


O amor misericordioso de Jesus por nós não tem limites.
"Deus me acolhe, mas não acolhe de longe. Deus me abraça. Tem jeito de abraçar de longe? O abraço é o jeito que Deus usa para nos trazer bem pertinho Dele, para sentirmos o seu amor.

Se você não chegar perto de Deus com suas feridas, suas cascas, Deus não tem como traduzir esse amor. Deus está me esperando, mas eu me afasto Dele'.


Deixar-se amar por Jesus é experienciar a Sua Misericórdia.
"O que significa essa palavra? É a união de duas palavras: miséria e coração. É o encontro de duas realidades. Para que aconteça a Divina Misericórdia é preciso um coração da parte de Deus e nossas misérias( sujeiras, doenças, pecados). Quando o ser humano dá esse passo e oferece a sua miséria, ela se encontra com o coração de Deus. Isso aconteceu de forma definitiva na cruz".


A certeza da Divina Misericórdia operando em nossas vidas nos encoraja a nos aproximarmos de Jesus, com as nossas cascas, nossas misérias entre as mãos e oferecer, mergulhando nossas aflições, medos, inseguranças, em Seu Coração Misericordioso para que tudo seja transformado por Sua Graça.











0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!