terça-feira, 16 de maio de 2017

Busque o alto, viva Bethânia!

No Acampamento Na Trilha da Cura, realizado em Março/2017, na sede da  Canção Nova, padre Vicente bth, relembrou a memorável pregação do padre Léo, naquela manhã de sábado, dia 09 de dezembro de 2006, no Hosana Brasil, que teve como referência o seu livro: “Buscai as coisas do alto”, lançando-o oficialmente.

 “Se ressuscitaste com Cristo, buscai as coisas do alto...” (Col 3, 1ss)


Padre Léo escolheu o texto de São Paulo, porque ele vivia essa Palavra. A sua luta contra o pecado, a sua luta contra a enfermidade, os seus olhos sempre voltados para o céu, contemplando e se deixando contemplar por Deus.
Nós cristãos, ressuscitados com Cristo, mediante o batismo, devemos viver uma nova vida. Uma vez que nossa vida está com Cristo no céu, devemos fixar nossa mente nas coisas lá de cima, nossa alvo é a busca da santidade, resistindo ao pecado.
Crescendo sempre mais, nesta vida, no conhecimento amoroso de Deus, deixamos morrer o homem terreno, e vamos nos tornando a imagem do Criador.

“Padre Léo gostava muito da tradução que dizia: ‘afeiçoar, tomar a feição das coisas do alto’.
Estou muito feliz em estar aqui na Canção Nova e celebrar os 10 anos de eternidade do padre Léo. A única coisa que eu posso dizer é ‘muito obrigado, meu Deus’. É um filme que passa, e é uma responsabilidade grande.

O que o padre nos deixou naquela pregação é um ‘testamento espiritual’. Por isso Deus o tem usado, como bem lembrou o Nelsinho: ‘É o defunto que mais trabalha’...
O padre Léo lembra em sua pregação que é preciso buscar as coisas do alto. O que significa ‘buscar as coisas do alto’ hoje? Você precisará buscar nas lutas, na crise que passa o nosso país, não só a crise econômica, mas ética, moral, religiosa... Que você possa ver a urgência dos profetas continuar a falar...
É preciso ouvir a voz de Deus através da fé. Essa fé nos faz olhar para frente. É a fé da esperança, a certeza de que Deus está conosco, e nos faz enfrentar as crises, a luta com os filhos dependentes químicos. É essa fé que exige de nós firmeza.

Ali, sentado ao lado do padre Léo, no meu íntimo eu dizia: ‘O que eu estou fazendo aqui?’ Mas Deus nos conduziu. Estamos aqui celebrando os 10 anos de eternidade do padre Léo. Nos conduziu ou não?
Tudo isso passa. Nos momentos em que somos mais desafiados, tudo passa... Graças a Deus, temos a fé. Buscar as coisas do alto é viver pela fé e na fé.

Triste de quem não tem consciência de que precisa mudar. Não estamos prontos, é um processo. O caminho de santidade é o caminho de conversão. Estamos a caminho e estamos buscando a conversão...
Uma das coisas que aprendemos em Bethânia- onde houver 1% de chance de mudança, precisamos usar 100% do nosso esforço para fazer mudar de vida.
Para trilharmos o caminho da conversão precisamos oferecer tudo a Deus. A verdadeira conversão nos leva a dar a vida, como o padre Léo fez...

Não se afeiçoe às coisas de baixo. Pise no encardido. Tem jeito!
Deus vai onde você não pode ir. Deus alcança onde você não alcança”.

Buscando as coisas do alto, padre Léo foi em direção à meta, com lágrimas fecundando o seu caminho. Morrendo com Cristo para uma vida nova, em busca da perfeição.
Nessa trilha, caminhamos rumo ao Pai Celestial.






0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!