quarta-feira, 31 de maio de 2017

Levanta-te...

“Levanta-te e vai, tua fé te salvou”- Tema do Acampamento de Cura e Libertação, na sede da Canção Nova, em março de 2005.

“Ao entrar numa aldeia, vieram-lhe ao encontro dez leprosos, que pararam ao longe e elevaram a voz, clamando: ‘Jesus, Mestre, tem compaixão de nós’. Jesus viu-os e disse-lhes: ‘Ide, mostrai-vos ao sacerdote’. E quando eles iam andando, ficaram curados. Um deles, vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus. Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradecia. E era um samaritano. Jesus lhe disse: ‘Não ficaram curados todos os dez? Onde estão os outros nove? Não se achou senão este estrangeiro que voltasse para agradecer a Deus?’ E acrescentou: ‘Levanta-te e vai, tua fé te salvou’”.

Este texto de São Lucas, que se encontra no capítulo 17, versos de 11 a 19, foi a base para reflexão do padre Léo. O conteúdo riquíssimo coube duas pregações: A primeira: “A cura de nossas lepras” e a segunda: “Enquanto caminhavam, ficaram curados”.

Muitas lições padre Léo trouxe para nós extraídas desse pequeno texto.
Jesus, para operar milagres em nossas vidas só exige a fé. Para testar a fé dos dez leprosos, antes mesmo de os curar, pede a eles que se apresentem ao sacerdote. Deus conduz nossa caminhada, mas para isso, é preciso ouvir a sua voz e obedecê-lo.
"Essa é a grande palavra que o Senhor quer nos falar, neste Acampamento: “Levanta-te, tua fé te salvou”. Sai desse marasmo, dessa preguiça, desse medo, desse vazio que você está vivendo"...


Os leprosos eram expulsos da sociedade por causa do contágio, porém Jesus os cura e os liberta.
"Hoje, somos chamados a fazer a caminhada desses doentes. Primeiro: É preciso reconhecer que somos leprosos, reconhecer nossa enfermidade. A lepra era considerada uma maldição, não podia ficar perto de ninguém, tanto que pararam longe de Jesus.

Precisamos nos convencer: Quais são nossas lepras? Onde estão nossas fraquezas? O que nos afasta de Deus?"

O segundo ensinamento: Para receber a cura é preciso levantar e ir até Jesus. Nesse encontro , o Senhor  abre-nos o caminho, e nos indica a direção.
"Os leprosos foram em grupos fazer o pedido a Jesus. Eles prepararam, ensaiaram o pedido a Jesus. Hoje, qual o pedido para Jesus, com a nossa comunidade, com a nossa família, com o nosso grupo de oração?"

Outro ensinamento fabuloso é o da mediação humana. Nunca nos fechar no egoísmo,mas sempre abertos à aceitar a ajuda dos irmãos.
"Precisamos uns dos outros. Os leprosos precisaram dos outros leprosos, se uniram com suas lepras. Porque Jesus disse aos leprosos para irem e se apresentarem aos sacerdotes? Para nos ensinar que precisamos dessa mediação. Quando a pessoa se isola, ela se fecha. Jesus está nos mostrando que o grande obstáculo, daquele tempo e de hoje, é o isolamento. Porque o primeiro passo para excluir Deus de sua vida é excluir o irmão de sua vida. Quem elimina Deus, elimina o irmão..."


Nossa vida deve ser vivida com os irmãos de caminhada.
"Sabe porque você não foi curado ainda? É porque deixou o leproso de lado. Não podemos eliminar ninguém"...


A cura e a libertação trazida por Jesus não é privilégio de alguns, é para todos que o buscam. A nossa fé é a força que nos move em direção ao Senhor.
Ao adquirir as pregações desse Acampamento vamos descobrir quais são as nossas lepras que impedem de nos aproximarmos de Jesus.


0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!