quinta-feira, 11 de maio de 2017

Nossa Senhora, nossa mãe em Bethânia

A edição de número 17 (maio/junho) da Revista “Viver Bethânia” é dedicada à Mãe de Jesus e nossa, especialmente, neste mês das mães, quando celebramos os 100 anos das Aparições de Nossa Senhora em Fátima e os 300 anos em que a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada no Rio Paraíba. E Junho, mês do Sagrado coração de Jesus, esse coração ardente, que deseja o mundo transformado pelo sangue e água que emana do Seu peito aberto. Deixe que seu coração se inflame de amor pelos Corações de Maria e de Jesus.


Destacamos na página central da revista, o texto do padre Elinton Costa bth, que vem nos falar da materna intercessão de Nossa Senhora Aparecida junto a Comunidade Bethânia, nos recorda a sua presença amorosa, que caminha com seus filhos em Bethânia.
“Padre Léo confiou a Comunidade Bethânia aos cuidados de Nossa Senhora Aparecida. Ele tinha certeza que da mesma forma que a imagem dela foi tirada do fundo de um rio, enlameada e quebrada, mas também um sinal de vida e milagres para o povo brasileiro, Bethânia seria para o mundo sinal de vida e milagres para tantas pessoas e famílias enlameadas e quebradas por causa da dependência química, marginalização, falta de amor e de perdão”.

Famílias marcadas, pelos vícios, pela violência, pelas misérias, pela falta de esperança, em busca de restauração. Deus escolheu Maria para gerar em seu ventre o Seu Filho Jesus e para gerar em seu coração muitos filhos.
“Nossos filhos e filhas chegam em Bethânia desfigurados... E quem melhor do que mãe para compreender o coração do filho e da filha. E como mãe do Menino Jesus, Maria nossa mãe também, vem ao nosso encontro para nos auxiliar nesse processo de cura e de busca de nova vida”.

A oração é o caminho para obter a intercessão de Nossa Senhora junto ao e seu filho Jesus.
“Nosso fundador pregou e ensinou a vivermos uma espiritualidade encarnada, transformando  a própria vida em oração, na certeza de que o céu participa do nosso dia a dia. Acreditava fielmente que em Nossa Senhora, defensora dos mais fracos, encontramos o caminho certo para a vida plena no encontro íntimo e pessoal com seu filho Jesus. Pe Léo sabia que por meio da mãe Maria, nossa prece, nossa realidade, e nossa luta teria especial atenção do Salvador Jesus...”

Maria zela por todos os seus filhos espalhados pelo mundo. Ela participa da vida de milhares de famílias. Ela participa da rotina da Comunidade Bethânia.
“Na oração da manhã, antes do café, nos consagramos a ela para que nos proteja durante o dia e nos coloque na companhia de Jesus.
Antes do almoço, seguido do terço da Providência, rezamos o Angelus contemplando a prontidão de Maria em fazer a vontade de Deus. A tarde, contemplando os mistérios do Rosário, pedimos a intercessão da Mãe, para entregarmos nossa vida aos cuidados de Jesus... Maria quer participar de sua vida também e lhe ajudar a chegar até seu filho Jesus. Tenha fé , confie sua vida a ela...”

“Viva a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil e de Bethânia!”




0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!