domingo, 23 de julho de 2017

Pescador de almas para Deus!

Todos nós precisamos ser pescadores de homens, precisamos conquistar e levar almas para Deus. Se quisermos ser bons discípulos de Jesus precisamos sentir a grande alegria de conhecer todas as verdades de fé, por Ele ensinadas que estão nas Escrituras Sagradas. Assim como foi a vida do Padre Léo. 
Monsenhor Jonas Abib nos trouxe esta mensagem, quando presidiu a Santa Missa, em ação de graças pelos 10 anos de eternidade do nosso saudoso padre Léo. Aconteceu em São João Batista SC, Comunidade Bethânia, dia 04 de janeiro de 2017.

O Evangelho de São João, 1,35ss: “Naquele tempo, João estava de novo com dois de seus discípulos e, vendo Jesus passar, disse: ‘Eis o Cordeiro de Deus!’ Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus...”, temos o chamado dos primeiros discípulos por Jesus,  pescadores, que deixaram tudo e seguiram Jesus. 
A belíssima reflexão desse Evangelho pelo Monsenhor Jonas  vem despertar em nós a nossa missão, que é a continuação da missão de Jesus, que veio ao mundo para que ninguém se perdesse. E nos faz uma pergunta: Quantas pessoas você trouxe à Jesus? 

Trago aqui alguns trechos da homilia.
"Esse Evangelho é para o dia de hoje, porque o padre Léo era um pescador de almas, não perdia nenhum peixe.... Ele fisgava e trazia para Jesus. O Evangelho diz para Bethânia e todos nós que estamos aqui, que precisamos ser pescadores de homens... Convido você a sair, não só com vara, mas com rede, para trazer as pessoas de volta a Jesus. Aqueles que escaparam, que eles voltem para Deus".

Podemos mudar nosso temperamento pela Graça de Deus.
"Conheci duas fases do padre Léo. O padre Léo de antes foi reto, justo, mas tinha um gênio difícil. E sofria as consequências: estourava facilmente, explodia... O padre Léo era assim".

O caminho de provação, de sofrimento, aperfeiçoou seu caminho para o Céu.
"Mas chegou a hora em que Deus disse: Basta Léo, eu vou levá-lo para o caminho da santidade. Léo, eu, o seu Senhor, vou levar você para a trilha da santidade.  E levou! 
Conheci também a sua segunda fase, quando ele foi se tornando bondoso, atencioso, dócil. Ele era um homem de ação, de empreendimento, mas se tornou um homem de profunda oração".

Ofertou a sua dor ao Senhor, pois só se chega ao céu pela trilha estreita da cruz.
"Deus foi burilando a pedra bruta. Uma pedra preciosa, quando retirada da terra, é bruta, não tem valor. Precisa ser burilada, tirar as lascas. Precisa ser lascado para chegar ao diamante puro. Deus queria o Léo o diamante pronto para o céu, para ser usado por Ele".

Acolheu o inevitável com resignação: a sua doença. Aprendeu a ser paciente diante da dor que sentia.
"E para acabar de burilá-lo, veio o câncer... Nem morfina lhe tirou a dor, mesmo nestas condições não deixou de evangelizar..."



Somos chamados a participar da comunhão com Deus para a vida eterna.
"Que Deus pegue você e leve você para a trilha da santificação, porque Deus quer você santo(a), como foi o padre Léo e é santo no Céu".


0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!