segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Chamado de Deus



“Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi  e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o fruto permaneça” (Jo 15,16).






Olhando para a nossa história, vamos perceber o quanto Deus cuidou e cuida de nós, vemos as maravilhas que o Senhor fez e faz em nossas vidas. Jesus está conosco na árdua caminhada, rumo à Pátria Celeste, presente em cada acontecimento, participa de todos os momentos, tristes ou alegres, na construção de nossa história. Portanto, ninguém pode fugir da missão que Deus tem para cada um de nós.

Naquele povoado, município de Delfim Moreira, serra da Mantiqueira, no dia 09 de outubro de 1961, nasceu um menino, de família pobre, mas verdadeiramente cristã. Para o seu projeto Deus pensou em Tarcísio Gonçalves Pereira (padre Léo), pois já havia determinado a sua missão, por isso foi escolhido, foi pensado e chamado desde sempre, desde o ventre de sua mãe. 


O olhar misericordioso de Jesus está sempre nos esquadrinhando. Quando Deus nos chama, temos que atender ao seu chamado. É difícil imaginar o que Deus fez na vida daquele jovem, com defeitos e limitações, mas que soube discernir sua vocação em servir a Cristo. Estar a serviço do Senhor muitas vezes é penoso, mas vivido na fé, há um crescimento espiritual constante. 
O ministério sacerdotal é obra de Deus. Ninguém escolhe a si mesmo, é o Senhor quem escolhe e chama. Padre Léo, olhando para Jesus enfrentou as perseguições, as calúnias, com altivez, coragem e sobretudo com fé.
 
Por uma vida virtuosa neste mundo viveu a fé, não uma fé passiva, mas ativa, traduzida em boas obras. Sua vasta e rica biografia nos mostra a santidade, as virtudes , o espírito de sacrifício, de um homem que dedicou sua vida inteira em salvar almas para Deus.


Padre Léo foi um exemplo extraordinário de amor, e de entrega a Jesus e aos irmãos. 
Santo é todo aquele que se põe a serviço do Senhor, e faz de sua vida uma entrega total ao Reino de Deus. Ser santo é estar em comunhão com Deus e amar plenamente. Ser santo é aquele que se reconhece fraco e pecador, mas que luta contra o pecado. Pela fragilidade humana, sempre teremos pecados, mas é possível alcançar esse amor, e experimentar a presença do Senhor, mesmo nas situações mais dolorosas. Encontrou o repouso dos seus sofrimentos em 04 de Janeiro de 2007, aos 45 anos, vividos intensamente. Quando sua missão se encerrou aqui, foi chamado à alegria e a comunhão eternas com o Senhor.



Deus quer, de fato, a vida em plenitude para todos, por isso queremos te louvar e te agradecer, pelo dom da vida de padre Léo. E o chamou a ser santo. A Arquidiose de Florianópolis autorizou a abertura do processo de beatificação, que segue os passos exigidos pela Igreja. Vamos rezar nessa intenção, pois, cremos na Igreja Triunfante, habitantes do céu que alcançaram a plenitude de santidade, e que intercedem por nós.


A santidade é dom de Deus, e todo cristão deve viver essa vocação. Todos somos chamados a participar do banquete do Reino.

 Padre Léo, interceda por nós!



0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!