Uma história de amor e de entrega a Deus!

"Haverá aí uma estrada, um caminho, que será chamado de caminho santo. Nenhum impuro passará por ele. Será para eles um caminho reto: Nele, nem os tolos se perderão" (Isaías 35,8).
Deus tem os seus caminhos para nos santificar. O Senhor sempre vem ao encontro daqueles que se abrem ao Espírito Santo. Estar à serviço do Reino é lutar pelos ideais livremente . Ao aceitar ao chamado, padre Léo assumiu o compromisso de ser inteiramente de Deus, mas também inteiramente do outro. Como religioso ele viveu uma vida de testemunho e de entrega ao Senhor, uma vida de dedicação aos irmãos marginalizados.


Em 09 de Outubro de 1961 nasceu  o menino Tarcísio, numa região montanhosa chamado Biguá, município de Delfim Moreira, sul de Minas Gerais.
A vocação surge dentro da família. Os pais são os responsáveis pela escolha da vocação dos filhos. Na casa de Quinzinho e Nazaré, o pequeno Tarcísio recebeu os valores cristãos, que levou consigo para a idade adulta.

O Senhor Jesus entra em nossas vidas e faz brotar vida nova. Jesus veio, entrou na história desse jovem, rompendo as barreiras do pecado.
Até aqui, sua trajetória de vida foi normal, mas algo veio revolucionar a sua vida. Deus lhe revela que tem um chamado especial para ele, e lhe dá uma missão.
Durante a sua caminhada vocacional muitas dúvidas, incertezas foram surgindo, mas as coisas de Deus só podem ser compreendidas mediante a revelação e iluminação do Espírito. Conheceu a Congregação dos padres do Sagrado Coração de Jesus e ficou fascinado. Mais tarde entrou para o Seminário Menor dos Dehonianos em Lavras-MG.

Obedecendo a voz do Senhor, seguia rumo ao sacerdócio. A sua Ordenação Diaconal aconteceu em 25 de fevereiro de 1990, na Capela Nossa Senhora Aparecida, Brusque-SC.

Finalmente chegou Dezembro. Léo Tarcísio se prepara para a sua ordenação Presbiterial. A verdadeira preparação acontece quando pautamos  nossa vida no amor de Deus. À espera do Menino Deus que vai chegar, a ordem é vigiar, estar sempre pronto, desejo sincero de conversão.
A presença de Maria o acompanhou, o encorajou, fortaleceu a sua vocação.
Hoje, 08 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição, lembremo-nos do dia em que o Pai, por puro amor, o escolheu entre os homens e o consagrou sacerdote, o fez profeta para denunciar os caminhos tortuosos e anunciar a Boa Nova do Reino. O ano: 1990, Paróquia Nossa Senhora da Soledade, Itajubá-MG. Padre Léo Tarcísio Gonçalves Pereira, sacerdote do coração de Jesus, sinal vivo da presença de Deus, promete fidelidade ao compromisso assumido, ao destino para o qual fora destinado. É o começo de uma nova história.

A partir desse momento seu coração ficou inquieto. Deus sempre atende aos desejos daquele que quer servi-lo e  entregar-se  inteiramente a Ele. Após ser ordenado sacerdote foi enviado à Brusque S/C, como diretor do Colégio São Luiz. Um tempo novo surge. Começou a entender que o Senhor lhe pedia algo a mais, quando em contato com jovens drogados, encontrou Jesus, de forma viva, no rosto de cada um. A Comunidade Bethânia nasce para acolhê-los e restaurar suas vidas.

Em meio às provações olhemos com fé para Jesus, devemos dar testemunho de seu amor. Deus não vai nos tirar o sofrimento, mas nos dará a graça suficiente para suportarmos tudo o que nos acontece, em nossas vidas. Feliz é aquele que segue seu caminho confiando em Deus. Padre Léo enfrentou a sua doença com muita confiança. A diferença foi a maneira com que olhou essa realidade. O seu sofrimento não o revoltou, mas sim, foi motivo para o seu crescimento espiritual. Descobriu uma força muito maior e pode se entregar de corpo e alma.
Faleceu aos quarenta e cinco anos, vítima de câncer, em 04 de Janeiro de 2007.

Precisamos ter a coragem de acolher o projeto que Deus tem para cada um de nós, e dar passos em direção à santidade, à exemplo do padre Léo. A sua história de vida deve provocar em nós um comprometimento maior com o nosso irmão.
Sua vasta biografia nos traz muitos ensinamentos: É preciso cultivar somente o que é essencial para a nossa vida: Jesus. Temos que ser fiéis ao Evangelho, e nos entregarmos inteiramente a Deus.

Que possamos fazer a experiência de vivermos esse mistério de amor,e de entrega a Deus!



Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Gratidão: 10 anos do Blog Padre Léo Eterno!

Olá, queridos e amados irmãos em Cristo Jesus.  Começamos novembro celebrando uma década de blog. Há 10 anos, em 16 de novembro d...