sábado, 30 de junho de 2018

A pregação que inspirou uma canção!

O nosso coração é um terreno fértil, que acolhe as sementes do mundo e produz os frutos que deixamos crescer. O Evangelho é uma semente que precisa ser acolhida em nosso coração, pois nos leva à um encontro pessoal com Jesus, dizia padre Léo.
Vemos aqui uma oportunidade de reafirmar o que ele dizia, o quanto é importante ouvirmos uma pregação, pois se não tocar nosso coração, nada vai acontecer.
 


Thiago Brado, jovem missionário, ganhador do Troféu Louvemos, na categoria: cantor solo (álbum Pulsar), e amigo de Bethânia, partilha conosco sua experiência com a pregação: “PHS- Por hoje Sim” de 15/08/04, do Acampamento PHN, Canção Nova.
“A primeira pregação do padre Léo que eu ouvi foi daquela mulher Maria de Betânia, a pecadora que lavou os pés de Jesus, com o seu perfume. Essa passagem me inspirou a compor uma canção”.

Todos os evangelistas narram o episódio da conversão de Maria de Betânia, a prostituta de leprosos. Ao refletir esse versículo de São Marcos, padre Léo nos apresenta um dos maiores exemplos de devoção ao Nosso Senhor.
"Jesus estava em Betânia, na casa de Simão, o leproso. Enquanto faziam a refeição, chegou uma mulher com um vaso de alabastro, cheio de um perfume de nardo puro, muito caro. Ela quebrou o vaso e derramou o perfume na cabeça de Jesus" (Mc 14,3).
O seu ato expressa um amor profundo pelo Mestre, o que fundamenta a nossa fé cristã: servir a Cristo. Com muita nobreza o padre demonstra os sentimentos de arrependimento dessa pecadora. Também ele nos faz perceber que esse amor que vem do coração, brota da determinação de uma mudança de vida.

A música: “Minha Essência” foi a composição inspirada, depois de ouvir essa pregação, uma verdadeira oração de cura interior:
“Vim até aqui.Derramar o meu passado em Ti. Vim banhar os pés que andaram por aí. Sem carinho receber.
Hoje estou aqui. Não porque mereço, eu sei. Pois Tu sabes por onde eu andei. Conheces bem o meu perfume. Mas Tu sabes também. Que o meu choro é sincero porém. Não tenho nada a oferecer, meu Senhor. Mas te dou a minha vida”.

O refrão vai dizer:
“É tudo que tenho. Recebe o meu nada. Refaz a morada. Habita em mim.
Me pega em Teu colo. Me acalma em Teu peito. Sou Teu, sou eleito. E a minha essência é exalar Teu cheiro”.

Seu nome é Thiago de Oliveira da Silva, mas o Senhor lhe um nome artístico: Brado, que significa: Grito Forte, clamor. É para gritar ao mundo que existe um Deus que é amor e misericordioso.

Hoje somos convidados a proclamar o nosso “SIM” ao Senhor, à exemplo do jovem Thiago. Chegou a hora de assumirmos Jesus como o Senhor de nossas vidas. É preciso quebrar o vaso. Significa jogar fora tudo o que não presta, jogar fora tudo aquilo que nos impede o encontro com o Cristo Ressuscitado. “Não tenho nada a oferecer, meu Senhor. Mas te dou a minha vida”.





0 Comentários:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!