Canção Nova relembra os 12 anos de falecimento do padre Léo

Neste mês de janeiro, especialmente dia 04, quando foi chamado à vida plena, relembramos  uma pessoa muito querida, e bate em nossos corações uma profunda saudade.
“A saudade tem olhos verdes, cabelos grisalhos e atende pelo nome de Léo”.

O luto passa e fica só a saudade, uma resposta de amor para com aquele que viveu amando a Deus e aos irmãos. E que deixa seus rastros a serem seguidos.


A Canção Nova Notícias nos convida, através da reportagem do Elaine Santos e Messias Junqueira, a dar um mergulho no passado.
Ernani, irmão de padre Léo, que mora no Biguá, município de Delfim Moreira, local onde nasceu o menino Tarcísio (Léo), falou-nos da saudade que ele e toda a família sente com a ausência  do padre. E que toda a saudade, como uma chama de amor, jamais se apagará.
 “ Todos os dias sentimos saudades mas este dia é marcante para nós , o dia em que perdemos nosso irmão querido. Ele foi um grande irmão e muito mais um grande filho.
Não imaginávamos  que ele iria ser padre”.

Neide Maria, a esposa de Ernani recordou o tempo em que o menino Tarcísio (Léo) na pequena casa no Biguá, brincava de celebrar a missa com outras crianças, em cima de uma enorme pedra, a hóstia era folhas de jabuticaba, bolachas.
Com o processo de Beatificação em andamento, muitos pedidos, entre eles, um especial : o de Neide Maria, que pede a sua intercessão junto a Deus pela cura de sua perna.  

Na entrevista com Catarina Jatobá, Padre Vicente de Paula Netto afirmou que padre Léo continua evangelizando:
“Eu costumo dizer que Padre Léo trabalha mais agora do que antes. Ele continua vivo no legado que nos deixou através da Comunidade, e atuante na evangelização, muito por causa da Canção Nova. Todas as segundas-feiras está presente no ‘Buscai as coisas do Alto’.
Até hoje, são inúmeros os testemunhos que continuam chegando, de gente que faz verdadeiramente uma experiência de Deus, através das pregações do Padre Léo ainda hoje. Muitos chegam em Bethânia procurando por ele, e aí descobrem que ele já faleceu, e percebem o Dom em que ele se transformou.
Padre Léo é um link direto para o céu para milhares de pessoas. Famílias com dependentes químicos”.

Sobre o processo de Beatificação:
O processo de Beatificação do sacerdote já está encaminhado. Teve início em outubro de 2017, quando Padre Vicente e outros membros visitaram a Arquidiocese de Florianópolis, na pessoa de Dom Wilson Tadeu Jönck. Durante a conversa, foi explícita a vontade de tornar Léo um beato, pedido que foi aprovado pelo arcebispo”.

Sobre a Associação Padre Léo:
“Estamos muito felizes porque já foi agora instaurada a Associação Padre Léo que é quem vai tocar o processo. Tudo já está agora na Arquidiocese de Florianópolis, e a partir deste ano vai ser aberto oficialmente o processo de beatificação.”
A Associação Padre Léo é comandada pelo Padre Lúcio Tardivo, vice-presidente da Comunidade Bethânia, e cuidará, entre outras coisas, da coleta dos testemunhos dos milagres para depois encaminhá-los ao processo”.

A saudade daqueles que já estão no coração de Deus, nos dá a certeza de uma continuação da vida, a vida nova em Cristo Jesus, porque cremos na Ressurreição. 
"Só se tem saudade do que é bom!".






Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são moderados antes da publicação no blog. Comentários anônimos não serão publicados.
Deixe seu nome ao final do comentário.

Comente este Artigo.
Quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Padre Léo Eterno agradece sua participação.
Deus lhe abençoe!

Arquivo do blog

Postagem em destaque

Eterno retiro!

“A você, Daniel do Nascimento Lindo, da morte terrível, de uma vida maravilhosa... Você passou tão depressa, tão de repente...sem nos a...